Comece a tocar guitarra na família, aperfeiçoando o seu toque com os mestres:
– MANOLO SANLACAR- JOSE JIMENEZ “EL VIEJIN”- GERARDO NUEZ- EMILIO MAYA
– JOSO SUAREZ “O PACOTE”
Trabalhou nas bienais de Sevilha e Málaga com jovens valores como Sergio Gómez “el Colorao” e Diego Villegas, bem como artistas como Antonio Campos, Juani Requena, Maria Toledo, Javier Conde… Etc.
Trabalhou também em salas em Madrid e tablaos como: Sala Caracol, Sala Clamores, Casa Patas e Cardamomo com artistas como Ariadna Rivas, Sandra Carrasco, Auxi Fernández, David Paniagua, Juañares, Miguel de la Tolea, Saúl Quirós, Diego Pantoja, Adrián Sánchez , David Vazquez, etc.
Fez uma digressão com as companhias de Paco Mora ou José Porcel como diretor musical e primeira guitarra em países como a Jugoslávia ou os Estados Unidos, apresentando-se em teatros como o Metropolitano de Nova Iorque.
Compôs a música dos espetáculos de Adrián Sánchez (Taracea, A Flamenco Walk e For the Four Coasts) representados em vários países como Rússia, Polónia, França… Etc. e em festivais da importância do Festival do Flamenco de Jerez obter o reconhecimento da imprensa especializada.
Trabalhou com jovens figuras da dança como: Patricia Guerrero, Fuensanta “La Moneta” ou Ana Calí em rochas e festivais como: “la silverría” ou “summers of the corral”, ambos em Granada.E com bailarinos como Juan Ramírez, Mario Maya ou Manolete.
Ganhou o segundo prémio na International Guitar Competition city of Ogíjares.
Fez a direção e a produção musical do álbum “Venero”, do cantor de Granada Álvaro Rodríguez. Além de colaborar no álbum “Homenaje a Diego del Gastor” e “Young Flamencos” da denominação de Granada.
Está neste momento a trabalhar na gravação do seu primeiro trabalho de gravação.

Rubén Campos

Guitarrista