José Cortés nasceu em Granada em 1984. Desde tenra idade, destacou-se a dançar em festas com a família. Aos 9 anos decidiu iniciar a sua formação como bailarino na Escola Municipal de Flamenco de Granada por Antonio Vallejo Anaya (Bailaor e Diretor) no qual em breve José Cortés “El Indio” começa a pisar o palco.

No ano seguinte, apresentou o Canal Sur Veo Television Competition, Veo, juntamente com Fuensanta “La Moneta” onde ganharam o prémio de Artes Performativas com o Casamento Cigano. Aos 11 anos começou a trabalhar profissionalmente nos diferentes tablaos e grutas do Sacromonte de Granada, como Los Tarantos, La Rocío, Reina Mora, La Canastera, Los Gallos, Jardines de Zoraya, etc…

Em 1998, aos 14 anos, ganhou o primeiro prémio para os Jovens Flamencos de Granada como bailarino. Desde cedo começou a viajar pelo mundo para inúmeros festivais de prestígio, como o Museumsuferfest em Frankfurt (Alemanha), que é um dos maiores festivais culturais da Alemanha, atraindo mais de 3 milhões de pessoas. Também vai para diferentes países como Itália, Suécia, Bulgária, Venezuela, etc….

Ele partilhou o palco com grandes figuras de flamenco como Juan de Juan, Capullo de jerez, El Extremeño. etc. e atualmente colabora em grandes espetáculos como bailarino e percussionista com artistas como Antonio Canales e Rubén Dantas. Também em diferentes espetáculos como “Apassionata” (Equestrian Show) e companhias como Alhucema com a obra “El niño el bola” como bailarina e colaborando com algumas coreografias. Colaborou também em inúmeros álbuns de vários artistas como Sergio Pamis (pianista de flamenco/jazz) ou o guitarrista israelita Dan Ben Lior ou o grupo Alkimia (com o produtor FRANC O’SHEA) com músicos de flamenco, jazz e música étnica.

José Cortés 22The Indian22

Dançarino