Jovem bailarina nascida na Catalunha com raízes andaluzas que começa na dança do flamenco aos 10 anos.
Aos 14 anos iniciou a sua carreira profissional na Companhia de Ballet Clássico espanhol e Flamenco de Mari Carmen Fraga, onde continua a treinar durante 5 anos e participa em inúmeras digressões em Espanha e França.

Em 2000 atuou em diferentes salas em Lanzarote e Tenerife. Completou a sua formação em Madrid, na conhecida escola Amor de Dios, tendo aulas com Cristóbal Reyes e Manuel Reyes, entre outros.

Em 2002 foi obrigado a atuar no tablao do parque temático “Parque España” no Japão, onde permaneceu durante um ano.

Em 2003 juntou-se à Companhia de Rafael Aguilar com a qual visitou a Austrália, Nova Zelândia e Alemanha. Em seguida, atuou como solista na obra “Carmen” com a Companhia María Carrasco em Espanha, Guatemala e El Salvador.
Em 2005 estabeleceu-se em Granada, onde começou a trabalhar no prestigiado “Tablao Albayzín” e a dar aulas de dança a níveis avançados na Carmen de las Cuevas. Comecem a viajar em vários países, como china, Rússia, Suíça ou Estónia, onde pretendem dar cursos.
Em 2007 criou a sua própria empresa “Flamenco Amarí” com a qual realizou os seus primeiros espetáculos: “Sonho de um Ignorante” e “Punto de Vista”.
Em 2009, viajou para Tóquio e partilhou o palco com artistas como Enrique el Extremeño na Sala Andaluza.

Em 2010 colaborou com a Moneta na apresentação do seu programa “Bailar Vivir” na Bienal de Sevilha.

Em 2011 apresentou o seu espetáculo “Amalgama” no I Festival das Grutas, no Sacromonte.

Javier Martos

Dançarino