Começou a dançar aos 8 anos e aos 12 dança no tablao “Las Conchas”, bem como em festivais em Cáceres e Badajoz. Aos 16 anos trabalhou como professora numa academia de dança na sua cidade natal. Aos 18 anos mudou-se para Madrid, onde continuou os seus estudos de dança na Academia Amor de Dios, onde estudou com professores como Tati, Carmen Cortés, o Guito e manolete, entre outros. Aos 18 anos viajou para o Japão com a empresa de Tito Losada. Em 1993 e 1994 visitou a Holanda com a companhia “Cuadro Flamenco”. Em 1995 visitou a Europa com a empresa de Luis de Luis. Também este ano viaja para Israel para participar no III Festival Internacional da Palestina. Em 1996 participou no Concurso musical do século XX de Gijón e tornou-se parte da companhia de Mariquilla. Participou no I Festival em Rosário (Argentina), partilhando um cartaz com Enrique Morente, Miguel Ochando e Manuel Parrilla. Criou o seu primeiro espetáculo: “Ladrão de Sonhos” com o qual participa no Festival de “Mulheres no Mediterrâneo”. Em 2006 atuou em tablaos de Madrid como Casa Patas. Viaja mais três vezes para o Japão para trabalhar na Sala Andaluza, onde partilha um cartaz com Luis de Luis, Mercedes Ruiz e Rafael del Carmen. Atualmente trabalha em vários locais de Granada e desde 2012 leciona cursos esporadicamente na Carmen de la Cuevas a níveis avançados.
Dança nos Jardins do Zoraya desde janeiro de 2013.

Esther Marín

Dançarino